24 de out de 2017

O Brasil que queremos | Emir Sader | VÍDEOS

O BRASIL QUE QUEREMOS
reconstruir um projeto de país para todos/as
EMIR SADER
~ 19/10, 19h40, auditório do bloco H da UCS

O Brasil que queremos | Emir Sader | Parte 1: https://www.youtube.com/watch?v=y0sOyaf0BBI

O Brasil que queremos | Emir Sader | Parte 2: https://www.youtube.com/watch?v=NybiphxkIhE

~ Na última década, o Estado brasileiro começou a se abrir para políticas rumo a um país mais humano, solidário, democrático. Mas esse mesmo Estado ainda se mostra muito vulnerável à ditadura das elites. Da mesma forma, a economia do país ainda sofre com a hegemonia do capital especulativo, e o sistema tributário continua sendo injusto, recaindo sobre os assalariados e não sobre os ricos e os especuladores. Qual é então a revisão necessária – nas perspectivas, ações e prioridades dos setores e movimentos sociais? Essa é a reflexão sobre a qual se debruçaram diversos/as pensadores/as, líderes e especialistas no último ano, gerando propostas para setores estruturais do país, reunidas num livro recém-publicado: "O Brasil que queremos".

~ O livro "O Brasil que queremos" foi publicado pelo Laboratório de Políticas Públicas (LPP) da UERJ. Reúne economistas, físicos, filósofos e diversos/as especialistas, tematizando: política industrial, agrária, externa, ambiental, energética, cultural; crescimento, trabalho, emprego, renda e paz; reforma tributária, reforma política; novos desafios na educação e saúde públicas; democracia de gênero, democracia nas comunicações; sistema representativo, movimentos sociais; combate à pobreza, projetos sociais.

~ Informamos que ainda temos exemplares do livro "O Brasil que queremos" (organizado por Emir Sader e publicado pela Editora LPP-UERJ), para aquisição, no valor de R$ 40. Interessados/as favor contatar aqui no facebook (Associação de Microcrédito Popular e Solidário - Acredisol) ou por email (acredisol@gmail.com).

~ Emir Sader tem graduação em filosofia, com mestrado em filosofia e doutorado em ciência política. É professor da UERJ e coordenador do Laboratório de Políticas Públicas da Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Foi um dos idealizadores e organizadores do Fórum Social Mundial e é um dos cientistas sociais mais influentes da América Latina. Foi Secretário-Executivo do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO). É autor, co-autor e organizador de dezenas de livros, de editoras nacionais e estrangeiras, e participa no conselho editorial de diversas publicações.

~ Realização:
Graduação em Serviço Social - UCS
SINDISERV - Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul 
Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região
DVN Comunicação, Planejamento e Conteúdo (Débora Nonemacher)

13 de out de 2017

O BRASIL QUE QUEREMOS



Na última década, o Estado brasileiro começou a se abrir para políticas rumo a um país mais humano, solidário, democrático. Mas esse mesmo Estado ainda se mostra muito vulnerável à ditadura das elites. Da mesma forma, a economia do país ainda sofre com a hegemonia do capital especulativo, e o sistema tributário continua sendo injusto, recaindo sobre os assalariados e não sobre os ricos e os especuladores. 

Qual é então a revisão necessária – nas perspectivas, ações e prioridades dos setores e movimentos sociais? Essa é a reflexão sobre a qual se debruçaram diversos/as pensadores/as, líderes e especialistas no último ano, gerando propostas para setores estruturais do país, reunidas num livro recém-publicado: "O Brasil que queremos". É sobre essas propostas que Emir Sader vem a Caxias falar. 

~ O livro "O Brasil que queremos" foi publicado pelo Laboratório de Políticas Públicas (LPP) da UERJ. Reúne economistas, físicos, filósofos e diversos/as especialistas, tematizando:
. política industrial, agrária, externa, ambiental, energética, cultural
. crescimento, trabalho, emprego, renda e paz
. reforma tributária, reforma política
. novos desafios na educação e saúde públicas
. democracia de gênero, democracia nas comunicações
. sistema representativo, movimentos sociais
. combate à pobreza, projetos sociais

~ Emir Sader foi um dos idealizadores e organizadores do Fórum Social Mundial e é um dos cientistas sociais mais influentes da América Latina. É autor, co-autor e organizador de dezenas de livros, de editoras nacionais e estrangeiras. Já palestrou em Caxias em 2003, 2009, 2010 e 2012. Neste último, no Congresso Internacional de Direitos Humanos, falando sobre Conjuntura Internacional.

~ Evento dirigido a estudantes, professores/as e profissionais das Ciências Humanas, atuadores/as de movimentos sociais, entidades comunitárias e a todos/as profissionais e cidadãs/ãos entusiastas de "um outro mundo possível". 

~ Inscrições: https://goo.gl/z1CpVz

~ Realização:
Associação de Microcrédito Popular e Solidário - Acredisol 
Curso de Licenciatura em Sociologia - UCS
Sinpro Caxias do Sul

~ Apoio cultural: 
Centro Acadêmico Sociologia Florestan Fernandes- Ucs - CASFF
Centro de Estudos, Pesquisa e Direitos Humanos - CEPDH
Graduação em Serviço Social - UCS
SINDISERV - Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul 
Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região
DVN Comunicação, Planejamento e Conteúdo (Débora Nonemacher)





17 de ago de 2014

ACREDISOL / RS

Associação de Microcrédito Popular e Solidário - ACREDISOL / RS surgiu de uma iniciativa de alunos desta escola em 2007, e foi fundada em 08/12/2007 por alunos e ex-alunos da Escola de Formação Fé, Política e Trabalho, inspirados na prática transformadora de Muhammad Yunnus (Prêmio Nobel da Paz 2006) na Índia - http://acredisol.blogspot.com.br/.

Ficha de Associado-a da ACREDISOL:
https://drive.google.com/folderview?id=0ByrA1-J2C5RXQzluZlRwVmNmZ28&usp=sharing

22 de ago de 2013

ACREDISOL

A Associação de Microcrédito Popular e Solidário (ACREDISOL / RS) foi fundada por alunos/as e ex-alunos/as da Escola de Formação Fé, Política e Trabalho, da Diocese de Caxias do Sul, no dia 8 de dezembro de 2007, que sentiram necessidade de realizar algo pratico, inspirados/as na prática transformadora de Muhammad Yunnus na Índia - Prêmio Nobel da Paz 2006 e autor do livro “O banqueiro dos pobres”.

A Acredisol tem com objetivo: promover o desenvolvimento socioeconômico de pequenos empreendimentos dirigidos por pessoas de baixa renda; possibilitar o acesso ao microcrédito orientado como instrumento de combate à pobreza; viabilizar iniciativas de geração de trabalho e renda.

Atualmente a ACREDISOL tem 115 associados/as, que contribuem de forma solidária, com R$ 5 por mês, cujo valor é decidido em Assembléia Geral, e essas contribuições formam um fundo para empréstimos.

Ainda os associados indicam pessoas e projetos passíveis de receber o microcrédito, e a associação acompanha o andamento dos beneficiados.

A ACREDISOL/RS já aprovou dezessete empréstimos de microcréditos individuais e coletivos, nos municípios de Vacaria, São Leopoldo, Nova Prata, Farroupilha e Caxias do Sul.

modelo - ficha de associado/a

ASSOCIAÇÃO DE MICROCRÉDITO POPULAR E SOLIDÁRIO
ACREDISOL –


F I C H A D E I N S C R I Ç Ã O


ASSOCIADO/A Nº:

DATA DA INSCRIÇÃO:
/ /
Nome:

Endereço: Rua:

Bairro/Localidade:

CEP.:

Cidade:

Estado:

Telefone:

Celular:

Endereço eletrônico:
CPF:

RG e Órgão Expedidor:

Data:

Assinatura:

24 de abr de 2012

convite

“Se toda a economia fosse solidária,

a sociedade seria muito menos desigual.”

Paul Singer, economista, doutor em Sociologia e

Secretário Nacional de Economia Solidária do MTE

 

Convidamos a todos/as para participar

de uma oficina sobre economia solidária,

que será realizada no próximo sábado, dia 28,

das 14h as 17h30,

na Igreja São Leonardo, na região Serrano, em Caxias do Sul,

durante a realização do 12 Encontro Diocesano de Comunidades.

 

Esperamos a tua participação!

 

Qualquer dúvida entra em contato!

 

Diretoria da ACREDISOL / RS

 

Telefones para contato:

9971.1479 - Gilnei | 9944.3113 - Fernanda

 

acredisol@gmail.com

www.acredisol.blogspot.com

 

.................................................................................................

 

Nos dias 27 e 28 de abril, acontece o 12. Encontro Diocesano de Comunidades na Paróquia Menino Deus, Bairro Serrano em Caxias do Sul.
 
Estão convidados a participar lideranças comunitárias, agentes de pastoral, entidades e todos os que buscam alternativas concretas de promoção e valorização da vida.
 
Programação:

 

27 de abril

 

manhã

chegada e acolhida dos delegados, na Comunidade Menino Deus

conferência de abertura de Dom Mauro Morelli (bispo emérito de Duque de Caxias/ RJ)

almoço

 

tarde – 14h as 17h30

oficinas

(local: nas comunidades)

1) A saúde que vem da Agricultura Familiar. Com esse tema se quer refletir sobre as alternativas saudáveis de produção e de vida no mundo agrícola. Dá para se viver bem na agricultura e ser feliz!

2) A saúde que vem da Economia Solidária. Mostrar a importância da organização do trabalhador para uma economia saudável e sustentável (a ACREDISOL estará participando desta oficina sobre economia solidária).

3) A saúde que vem da Politica. Importante refletir sobre nossas escolhas. Elas vão direcionar a qualidade da vida que queremos.

4) A saúde que vem da Família. Com esse tema se quer refletir sobre as várias etapas da vida. Mas, de modo especial, o problema das drogas, que destrói qualquer sonho familiar, e juntamente com isso, a AIDS.

5) A saúde que vem da comunidade. A importância de um envolvimento saudável na comunidade. A participação é muito importante para o desenvolvimento espiritual, econômico e social.

 

tarde – 18h

celebração

 

28 de abril

 

9h

celebração, partilhando os vários temas

 

11h

conclusões em plenária

 

13h

almoço e confraternização

 

Informações em http://www.diocesedecaxias.org.br/conteudo_noticias.php?cod_noticia=1505

11 de abr de 2012

PAUL SINGER > entrevista

Transcrição do programa 3 a 1,

de 11.04/2012,  da TV Brasil,

por Débora Nonemacher.

 

PAUL SINGER

no programa 3 a 1, de 11.04.2012, da TV Brasil

 

quem é ele? judeu austríaco naturalizado brasileiro,

aqui foi metalúrgico e sindicalista, é acadêmico e economista.

um dos pensadores e realizadores da ECONOMIA SOLIDÁRIA

e do DESENVOLVIMENTO LOCAL no nosso país e fora dele.

 

- mas há espaço pra economistas de esquerda hoje?
- (paul singer): mais do que em qualquer outra época. o neoliberalismo está em descrédito no mundo todo, inclusive na Europa

 

- mas os exemplos de estado ativo (câmbios regulados)

de hoje não estão sendo muito elogiados?
- (paul singer) boa pergunta:

depende - elogiados por quem e criticados por quem. são criticados por economistas neoliberais, que estão sempre a serviço do capital especulativo, que acham que sozinho, esse capital, esse mercado, se regula e se equilibra. visão enganosa e danosa.

 

http://tvbrasil.ebc.com.br/

http://tvbrasil.ebc.com.br/internacional/

webtv: http://tvbrasil.ebc.com.br/webtv